quarta-feira, 9 de maio de 2012

"ERA PRA CÊR.COM"


(Por Diego El Khouri e Anna Alchuffi)


Era para o errado ser o contrário do certo
assim diziam  ser dito e feito
acreditando que pode-se ser o perfeito
não nessa vida
mas na vida plantada para ser colhida
onde o mel é água
e não exista mãe aflita

Era para o errado não falar em passado
assim como o dito não fazer
o que foi falado
acreditando no que pode ser visto
eu insisto numa lei não respeitada
na correnteza não vista.

Era para o novo ser novo
mas novo outra vez depende da morte do velho
esteira, acostamento, dopante e chá das cinco
é o novo absinto
enquanto o novo não for novo novamente
o errado será o certo.

Pois o que erra calado
não mede o esforço de gente '' passada''
taxados, acorrentados
vivem essa vã mediocridade
renegando o velho perdendo-se no novo
em consciências apenas revisitadas.

Jogando lama ao homens
e pérolas ao porcos-filhos
de uma tendência absurda
onde o consumir é melhor que assumir
onde a maturidade é vista como insanidade
e a infantilização é puro comércio
infantil, oh, mídia infantil!

2 comentários:

  1. E como é vil esse já-se-viu! Mais do que infantil, é fazer, de um civil, um servil.

    ResponderExcluir